Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação enquanto utilizador. A desactivação desta funcionalidade poderá impedir este site de funcionar correctamente. Ao continuar a visitar o nosso site, está a aceitar esta utilização de cookies.     [Aceitar e Fechar]
  • geral@touroeouro.com

Temporada europeia em suspenso - O que pode acontecer nos primeiros espectáculos do ano

  • 2022-01-05 14:32


Apenas certificados de vacinação ou testes... Regresso das limitações de lotações...
Como arrancará a temporada europeia face ao avanço da pandemia por Covid-19!

Apesar das recentes declarações do Presidente da República, em que considerou que a pandemia por Covid-19 está a ponto de se transformar em endemia, a verdade é que a proliferação de novos casos aliados à variante Omicron, contraria o positivismo de Marcelo Rebelo de Sousa.

Com as unidades hospitalares a revelar os primeiros sinais de saturação e com a massiva testagem no período pós-festividades, o número de casos disparou significativamente, sendo os números mais expressivos, registados na zona da grande Lisboa e respectiva área metropolitana.

Apesar deste facto, os empresários portugueses, bem como os artistas e demais profissionais ligados ao sector da cultura, em concreto, da tauromaquia, são agora obrigados a equacionar novamente a redução de lotação, contrariamente ao que já se havia passado no fim da passada temporada, em que se regressou à possibilidade de venda total de bilhetes dos tauródromos onde se realizaram corridas de touros.

As perguntas agora são: serão necessários certificados de vacinação e/ou testes efectuados com menos de 48 horas prévios ao festejo? Regressarão as limitações de lotações dos palcos tauromáquicos?

Importa referir que tudo isto, não é um exclusivo em terras de Portugal.
Também Espanha e França estão a braços com uma temporada que se previa perto do normal e que agora é obrigada a dar dois passos atrás.

Em França surgiu uma nova variante da Covid-19 e que dá os primeiros sinais de alerta.
Na vizinha Espanha, o número de casos começa a inspirar cuidados, numa altura em que a temporada 2022 parecia recuperar a normalidade em números de festejos e também com o regresso de Feiras grandes como Sevilha e Madrid.

Em França e embora sem data de término à vista, os espectáculos culturais estão já com limitações na lotação, apenas com ingressos vendidos na ordem dos 75%.

Como é do conhecimento geral, o início da temporada em Portugal, Espanha e França, fica marcada pela Páscoa, uma das mais taurinas fases do calendário.

Mas... antes, incertezas em Mourão, Granja, Santarém (Feira de S. José), Olivenza, Castellón, Valencia...

É tempo de repensar um início de temporada que se prevê difícil, naquele que é o terceiro ano consecutivo de pandemia por Covid-19.

 

google.com, pub-5416276538842499, DIRECT, f08c47fec0942fa0