• geral@touroeouro.com

Associação de oito ex-forcados do Grupo de Santarém na gestão da Celestino Graça

  • 2018-11-08 21:25


A Praça de Touros Celestino Graça, em Santarém, será na próxima temporada gerida por uma associação composta por oito elementos, todos eles ex- forcados do Grupo de Forcados Amadores de Santarém.

Fonte da Santa Casa da Misericórdia de Santarém, comentou ao TouroeOuro acreditar que esta poderá ser uma solução para o futuro do tauródromo escalabitano, ‘são jovens e dinâmicos, alguns filhos de grandes figuras da terra, empreendedores, todos com ligação ao Grupo de Forcados Amadores de Santarém, e conhecedores do ambiente taurino em Santarém, o que pode ajudar à desejada revitalização da Praça de Touros Celestino Graça e da sua envolvência’, afirmou.

Sobre o processo a nossa fonte salientou que esta parece ser uma solução para o futuro imediato da Praça de Touros de Santarém, ‘para já, e após a constituição da associação, será formalizado o processo com a Santa Casa da Misericórdia de Santarém, pois embora estejam já acertadas as questões financeiras, há ainda questões processuais que terão que ser finalizadas’, acrescentando que ‘possivelmente na próxima semana, ou na seguinte, já estará tudo formalizado’.

Este novo contrato, terá a duração de uma temporada, 2019, sendo que depois ambas as partes irão avaliar o trabalho desenvolvido e a sua continuação.

Saliente-se, e de acordo com a nossa fonte, que a empresa Aplaudir detém até dia 31 de Dezembro o direito de concessão do recinto, pelo que todas as actividades da nóvel associação terão que decorrer após esta data.

Sabe o TouroeOuro, que desta associação que irá gerir a Praça de Touros Celestino Graça, em Santarém, fazem parte, Diogo Sepúlveda, antigo cabo do Grupo de Santarém, Joaquim Pedro Torres (filho) e Francisco Empis (filho de Carlos Empis), entre outros antigos elementos do Grupo de Forcados Amadores de Santarém.

Meteorologia