• geral@touroeouro.com

Rui Bento Vasques celebra este ano 30 anos de alternativa

  • 2018-03-02 23:28
  • Autor da Foto: D.R.


O matador de touros Rui Bento Vasques, agora Director de Actividades Tauromáquicas da Praça de Touros do Campo Pequeno, será alvo de diversas homenagens a realizar este ano, em que este comemora 30 anos de alternativa, recebida a 25 de Junho de 1988, na Praça de Touros de Badajoz.

De acordo com o que o TouroeOuro apurou, Rui Bento Vasques deverá ser um dos homenageados pela cidade de Vila Franca de Xira, este ano, que a exemplo de anos anteriores consagra um toureiro ligado à cidade, entre outras homenagens de que poderá ser alvo.
Ainda não estando definidas quais serão as forma em que se fará a referida homenagem, a mesma deverá ocorrer pelo Colete Encarnado, que a exemplo de anos anteriores consagrou toureiros como Vitor Mendes, José Júlio e Mário Coelho, entre outras personalidades.


Rui Bento Vasques - Biografia

Rui Bento Pereira Cordeiro, nasceu em Preces, Carregado, no dia 10 de Abril de 1965.

Desde cedo deu nota da sua afición, começando a frequentar as praças de touros levado pelo seu irmão mais velho.

Aquando da sua estadia como estudante, em Vila Franca de Xira, o seu gosto pela tauromaquia agudizou-se… colega de António Ribeiro Telles, e por ele também influenciado, começou a frequentar tentaderos, dando de ‘beber’ à sua ‘ideia’ de vir a ser toureiro.

Em 1982, participou num certame promovido pelo Campo Pequeno. Rui Bento, sagrou-se vencedor do concurso ‘À Procura de um Toureiro’, a par com José Luís Gonçalves. Depois deste certame, em Maio, apresentou-se no mesmo ano, mas em Junho, na mesma arena, já vestido de luces.

Dado os resultados positivos desta sua temporada zero, parte para Espanha, Salamanca, ali se fixando. Corria o ano de 1983. Foi de resto Salamanca, a cidade escolhida como ponto central da sua carreira e porque não dizer, da sua vida enquanto matador de toiros. Ali, foi apoiado por Simón Carreño, transformando-se este último, em seu apoderado, no ano de 1984.

Rui Bento faz a sua apresentação em Madrid, no ano de 1985 (27 de Abril).

Em 1987, actua nas mais importantes arenas de Espanha, como Salamanca, Madrid, Bilbao, Valencia e Zaragoza.

A 25 de Junho do ano seguinte, Badajoz, tornar-se-ia o palco do seu doutoramento.

Foi seu padrinho, José María Manzanares e testemunha, Paco Ojeda.

A sua carreira foi feita de luta e superação, tanto, que acabaria por resistir anímica e fisicamente a uma gravíssima cornada, na região glútea, quando bandarilhava um toiro, na praça francesa de Orthez.

A confirmação de alternativa, chegaria no dia 14 de Julho de 1991. Actua em Las Ventas, com toiros de Cura Valverde.

Passados trinta anos, Rui Bento caminha a passos largos para aquela que é a sua 12ª temporada como Director de Actividades Tauromáquicas do Campo Pequeno.